Pages Navigation Menu

O guia das praias de Portugal

Praia do Fogo (ou Ribeira Quente) nos Açores

Praia do Fogo (ou Ribeira Quente) nos Açores

A praia do Fogo, também conhecida como praia da Ribeira Quente, está localizada no Lugar do Fogo, na freguesia de Ribeira Quente, no concelho de Povoação, nos Açores.

Esta praia é uma das mais populares da ilha de São Miguel e no verão é muito frequentada tanto por locais como turistas.  Grande parte da sua popularidade é devida ao facto de existirem várias nascentes hidrotermais submarinas, que tornam a água mais quente e agradável para os banhos.

Também a sua paisagem maravilhosa é foco de atração turística. A praia está localizada numa baía, entre o mar e a montanha.

 

Praia_do_Fogo,_Ribeira_Quente

 

Esta praia é muito apreciada por banhistas que queiram um dia mais relaxante, uma vez que está bem abrigada do vendo, devido a estar rodeada pelas montanhas, e também é bastante silenciosa.  Vale mesmo a pena fazer o trajecto de alguns quilómetros para visitar este paraíso à beira-mar. Um local de visita obrigatória se estiver pelos Açores.

Acesso à Praia do Fogo (Ribeira Quente)

Situa-se na parte sul da Ilha de São Miguel. Está localizada na costa sudeste da ilha, a 53 km de Ponta Delgada.

A praia dispõe de bons acessos, inclusive, acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

Parque de estacionamento

A Praia do fogo dispõe de parque de estacionamento gratuito perto. Tem bastantes lugares e satisfaz as necessidades, mas nos dias de maior afluência pode ser um pouco mais complicado para encontrar lugar de estacionamento para o seu veículos.

Informações úteis

  • N
  • Estacionamento exterior gratuito
  • Bar/cafetaria, Balneários
  • Acesso pedonal fácil
  • Acesso a pessoas com mobilidade
  • Não vigiada
  • Bandeira Azul
  • Instalações sanitárias
  • Duches
  • Área para guarda-sóis

Curiosidades sobre a Praia do Fogo (Ribeira Quente):Muitas crianças conhecem a praia do fogo como “praia dos saltinhos”, pois em alguns locais as nascentes hidrotermais submarinas são muito quentes, quase que fervem, forçando os banhistas a mudar rapidamente de sítio e a dar pequenos “saltinhos”.



Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *